Connect with us

Olá, por favor, compartilhe conosco o que você está procurando?

Fonte de ApostasFonte de Apostas

FUTEBOL INTERNACIONAL

Briga na Libertadores é vista como “normal” por jogadores

Briga na Libertadores
Briga na Libertadores


O embate entre Nacional e River Plate na Conmebol Libertadores, na terça-feira, não só agitou os ânimos em campo. Ele também gerou discussões após uma briga na Libertadores causar uma confusão generalizada desencadeada por uma entrada mais dura de Lozano. O lateral-direito do time uruguaio atingiu Aliendro, meia da equipe argentina.

Surpreendentemente, o árbitro brasileiro Anderson Daronco optou por não expulsar nenhum jogador depois da briga na Libertadores. A decisão dividiu opiniões, mas que recebeu elogios do zagueiro Polenta. Ele tratou a briga como parte intrínseca da essência da competição.

“É assim que a Copa Libertadores é. São reações naturais no calor do jogo, e isso também faz parte da beleza da competição. Parabéns também ao árbitro por permitir que o jogo continuasse. Isso é futebol: deixar os jogadores jogarem. Estamos na Libertadores. Aqui, no Campeonato Uruguaio, talvez isso resultasse em três expulsões. No final, nos abraçamos, como sempre acontece”, comentou Polenta.

Além disso, o zagueiro revelou o diálogo que teve com Daronco ao fim da partida. Nele, ele destacando sua admiração pelo trabalho do árbitro brasileiro. “Eu disse a ele que também tenho meu lado durão, não apenas ele. Já vi muitos caras durões na minha vida. Ele tem força, sim, mas também o respeito, porque o considero um dos melhores árbitros da América atualmente”, acrescentou o defensor.

O lance que gerou toda a briga na Libertadores ocorreu aos 15 minutos do segundo tempo. Tudo aconteceu quando Lozano fez uma entrada frontal em Aliendro, desencadeando uma reação em cadeia. Daronco, convocado ao monitor do VAR para revisar a situação, que incluiu uma tentativa de soco do zagueiro Romero. No fim, ele optou por manter a decisão inicial e não expulsar nenhum jogador.

O que aconteceu depois da briga na Libertadores?

Apesar do tumulto em campo, o Nacional conseguiu reverter a situação adversa, arrancando um empate por 2 a 2, com dois gols de Carneiro em um curto espaço de tempo, após o River Plate abrir 2 a 0 no primeiro tempo com gols de Borja e Colidio.

O empate impediu o River de garantir a classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores e também uma vaga no Mundial de Clubes de 2025 pelo ranking da Fifa. Com isso, a equipe terá outra oportunidade na próxima terça-feira, quando enfrentará o Libertad no Monumental de Núñez.

No momento, o River lidera o grupo H com 10 pontos, seguido pelo Nacional com 7. Libertad (4) e Deportivo Táchira (1) completam a classificação. Este episódio, além de trazer à tona discussões sobre arbitragem e fair play, certamente ficará como um dos momentos marcantes desta edição da Libertadores.

Comente

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode gostar

F1

Após o leilão de uma rara Ferrari Enzo por R$ 30 milhões em junho, Fernando Alonso coloca à venda outra supermáquina: a McLaren Elva,...

FUTEBOL INTERNACIONAL

Depois de 16 anos atuando no futebol europeu, Edinson Cavani regressou à América do Sul e está em busca da conquista da Copa Libertadores....

VÔLEI

A Seleção Brasileira de vôlei feminino e o Japão travaram uma batalha épica pela vaga nos Jogos Olímpicos de Paris neste domingo (24). A...

FUTEBOL NACIONAL

Totalmente recuperado de lesão no joelho esquerdo, camisa 9 é opção contra o Atlético-MG Caption: Tiquinho Soares, Botafogo Recuperado de uma lesão no joelho...