Connect with us

Olá, por favor, compartilhe conosco o que você está procurando?

Fonte de ApostasFonte de Apostas

FUTEBOL NACIONAL

 O Fluminense está focado em aprimorar sua disciplina para evitar dificuldades no confronto contra o Internacional na Libertadores.

Fluminense com foco na Libertadores
Fluminense com foco na Libertadores

Disciplina, uma palavra que parece ter se esquecido de passear pelos corredores do Fluminense nos últimos dois jogos, enfrentando o Internacional e o Cuiabá. Em ambas as partidas, a equipe de Fernando Diniz viu um de seus jogadores ser expulso ainda no primeiro tempo, prejudicando seriamente o desempenho do time.

No embate contra o Internacional pela Libertadores, o Tricolor estava à frente, marcando 1 a 0, e estava jogando melhor do que o adversário. No entanto, em questão de minutos após Samuel Xavier receber o cartão vermelho por duas faltas desnecessárias, o Time de Guerreiros sofreu o empate e, no segundo tempo, a virada. No entanto, quase que miraculosamente, conseguiram igualar o placar graças a Germán Cano. No fim de semana, a sorte novamente não esteve ao lado do Fluminense. A equipe não pode depender da sorte em todos os momentos, e a expulsão de Martinelli aos 40 minutos de jogo permitiu que o Cuiabá pressionasse e vencesse merecidamente por 3 a 0.

Após o jogo com o Internacional, Fernando Diniz recebeu muitos elogios por sua abordagem nos treinos, onde sua equipe praticava exercícios com um jogador a menos para se preparar para situações reais do futebol, como as que ocorreram nas duas últimas partidas. No entanto, antes disso, o treinador precisa enfatizar a disciplina entre seus jogadores. Ele mesmo demonstrou melhora em seu comportamento na área técnica nos últimos jogos. Apesar de ter recebido um cartão amarelo no confronto com o Fortaleza e ter ficado de fora do jogo contra o Vasco, o comandante interino da Seleção Brasileira tem cometido menos infrações em comparação com o início da temporada.

Com total foco na Libertadores, o Fluminense precisa evitar problemas e jogar com 11 jogadores em campo durante os 90 minutos para aumentar suas chances de classificação. Nesse sentido, a equipe pode seguir o exemplo de seu treinador, que demonstrou mudanças positivas. Quem sabe, assim, eles possam apresentar o futebol que seus torcedores tanto desejam ver.

Disciplina, uma palavra que parece ter se esquecido de passear pelos corredores do Fluminense nos últimos dois jogos, enfrentando o Internacional e o Cuiabá. Em ambas as partidas, a equipe de Fernando Diniz viu um de seus jogadores ser expulso ainda no primeiro tempo, prejudicando seriamente o desempenho do time.

No embate contra o Internacional pela Libertadores, o Tricolor estava à frente, marcando 1 a 0, e estava jogando melhor do que o adversário. No entanto, em questão de minutos após Samuel Xavier receber o cartão vermelho por duas faltas desnecessárias, o Time de Guerreiros sofreu o empate e, no segundo tempo, a virada. No entanto, quase que miraculosamente, conseguiram igualar o placar graças a Germán Cano. No fim de semana, a sorte novamente não esteve ao lado do Fluminense. A equipe não pode depender da sorte em todos os momentos, e a expulsão de Martinelli aos 40 minutos de jogo permitiu que o Cuiabá pressionasse e vencesse merecidamente por 3 a 0.

Após o jogo com o Internacional, Fernando Diniz recebeu muitos elogios por sua abordagem nos treinos, onde sua equipe praticava exercícios com um jogador a menos para se preparar para situações reais do futebol, como as que ocorreram nas duas últimas partidas. No entanto, antes disso, o treinador precisa enfatizar a disciplina entre seus jogadores. Ele mesmo demonstrou melhora em seu comportamento na área técnica nos últimos jogos. Apesar de ter recebido um cartão amarelo no confronto com o Fortaleza e ter ficado de fora do jogo contra o Vasco, o comandante interino da Seleção Brasileira tem cometido menos infrações em comparação com o início da temporada.

Com total foco na Libertadores, o Fluminense precisa evitar problemas e jogar com 11 jogadores em campo durante os 90 minutos para aumentar suas chances de classificação. Nesse sentido, a equipe pode seguir o exemplo de seu treinador, que demonstrou mudanças positivas. Quem sabe, assim, eles possam apresentar o futebol que seus torcedores tanto desejam ver.

Comente

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode gostar

F1

Após o leilão de uma rara Ferrari Enzo por R$ 30 milhões em junho, Fernando Alonso coloca à venda outra supermáquina: a McLaren Elva,...

FUTEBOL INTERNACIONAL

Depois de 16 anos atuando no futebol europeu, Edinson Cavani regressou à América do Sul e está em busca da conquista da Copa Libertadores....

VÔLEI

A Seleção Brasileira de vôlei feminino e o Japão travaram uma batalha épica pela vaga nos Jogos Olímpicos de Paris neste domingo (24). A...

FUTEBOL NACIONAL

Totalmente recuperado de lesão no joelho esquerdo, camisa 9 é opção contra o Atlético-MG Caption: Tiquinho Soares, Botafogo Recuperado de uma lesão no joelho...