Connect with us

Olá, por favor, compartilhe conosco o que você está procurando?

Fonte de ApostasFonte de Apostas

FUTEBOL NACIONAL

Será que a comemoração de Gabigol na conquista da Libertadores poderá afetar seu relacionamento com Tite no Flamengo?

Gabigol e Tite na Seleção Brasileira
Gabigol e Tite na Seleção Brasileira

Com o novo técnico do Flamengo, Tite, iniciando os trabalhos no Ninho do Urubu nesta terça-feira, dia 10, ele teve a oportunidade de conhecer as instalações do CT e comandar o primeiro treino da equipe. Uma das questões que surgiram em relação ao trabalho gira em torno da possível tensão entre Tite e Gabigol, devido às provocações do atacante na comemoração do título da Libertadores em 2022. Relembrando o caso:

Gabigol foi convocado por Tite em algumas ocasiões durante a preparação para a Copa do Mundo do Catar, mas não fez parte da lista final de 26 jogadores. No entanto, quando Tite divulgou os nomes escolhidos, o Flamengo já havia conquistado a Libertadores, título em que Gabi teve um papel crucial. Mesmo com essa conquista, Tite e sua comissão técnica optaram por não convocar o atacante. Isso gerou debates durante a celebração das conquistas do Flamengo em 2022, com os torcedores provocando Tite e Gabi se juntando à zoeira.

Os torcedores entoaram cânticos como “Ô Tite, vai se f_der, o Gabigol não precisa de você” e “ão, ão, ão, Gabigol é Seleção”, demonstrando apoio ao atacante. Gabi, com o microfone na mão, respondeu aos cânticos, afirmando: “é isso aí, eu já jogo em uma Seleção, car_lho”. Reencontro após a polêmica:

Com Tite assumindo o comando do Flamengo, a questão voltou à tona, acompanhada da incerteza sobre como isso poderia afetar a relação entre o novo técnico e o atacante. No entanto, é importante considerar alguns pontos em relação a esse incidente. Em primeiro lugar, ambos são adultos e devem entender o contexto em que as declarações foram feitas. Gabigol estava no auge de sua comemoração por mais dois títulos do Flamengo e estava sendo ovacionado pela torcida. O atacante não proferiu os xingamentos ao ex-treinador da seleção.

Em segundo lugar, após o calor do momento, Gabigol afirmou que não guarda mágoas por ter ficado de fora da Copa em uma entrevista à Globo, dizendo: “Não… (Durante) Meia hora de raiva (risos), mas passou. Meia hora já está tudo tranquilo.”

A terceira questão gira em torno da postura sensata de Tite. O treinador não é conhecido por se envolver em polêmicas desnecessárias e, provavelmente, esse assunto não será motivo de preocupação entre os dois. Agora, ambos, Tite e Gabigol, jogam pelo mesmo lado e precisam unir forças para alcançar o objetivo comum: fazer o Flamengo voltar a conquistar títulos.

Comente

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode gostar

F1

Após o leilão de uma rara Ferrari Enzo por R$ 30 milhões em junho, Fernando Alonso coloca à venda outra supermáquina: a McLaren Elva,...

FUTEBOL INTERNACIONAL

Depois de 16 anos atuando no futebol europeu, Edinson Cavani regressou à América do Sul e está em busca da conquista da Copa Libertadores....

VÔLEI

A Seleção Brasileira de vôlei feminino e o Japão travaram uma batalha épica pela vaga nos Jogos Olímpicos de Paris neste domingo (24). A...

FUTEBOL NACIONAL

Totalmente recuperado de lesão no joelho esquerdo, camisa 9 é opção contra o Atlético-MG Caption: Tiquinho Soares, Botafogo Recuperado de uma lesão no joelho...